Software Parte II

Posted on Updated on

Anteriormente falei do Audacity. É grátis e uma boa ferramenta de edição. Não direi tanto de gravação pois não permite escolher de uma forma clara o nosso interface e a qualidade que oferece não é muita.

Acaba por se tornar um pouco confuso na parte da gravação.

Edição sim. Tem uma série de ferramentas para cortes, colagem, fade ins, fade outs, ajuste da velocidade, pitch, etc.

Mais do que suficiente na restauração de um vinil mais antigo ou uma cassete com o som já sem vida.

Algumas das ferramentas porém, requerem um conhecimento mais avançado.

Falo da compressão e equalização. São efeitos também. Mas diria mais que servem para esculpir o som. E quando usados com sabedoria e criatividade fazem milagres 🙂

No fundo as duas ferramentas mais usadas por qualquer produtor de audio.

Existe quase que uma hierarquia na colocação dos efeitos, mas disso falarei mais tarde.

Por outro lado temos um programa que tem uma versão gratuita. Falo do Studio One.

Download aqui.

Esta versão mais despida do Studio One Pro é uma solução ideal se estás a começar.

Como qualquer outro software tem uma curva de aprendizagem, mas nada do outro mundo. Há muitos tutoriais na internet, mesmo no site deles. Eu mesmo irei fazer alguns para demonstrar como funciona e por onde começar num próximo artigo.

Aconselho a visitarem o site. Lá encontrarão a informação necessária sobre o Studio One e outros produtos da marca como placas de som.

Até breve.

P.S.- Não se deixem intimidar pela quantidade de botões que estes programas normalmente trazem 😉

 

Presonus-Studio-One-Free

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s